A Diferença entre Sentir e Celebrar

12/01/2018

Neste momento de transição pessoal e planetária, tudo que pode acontecer já está acontecendo, e a maioria desses acontecimentos estarão fora do que conhecemos como zona de conforto. Importante saber que o perigoso é entrar na frequência de frustração, tristeza e depressão por falta de compreensão e aceitação. Você pode ficar triste? Claro que sim, muitas coisas vão acontecer, e já estão acontecendo, que vão te levar a sentir tristeza e frustração, mas o que você deve prestar atenção é que depois que a tristeza passar, volte a celebrar a alegria. Muitos entram na armadilha de sentirem-se tristes e depois continuam celebrando a tristeza. 

 


A diferença entre sentir e celebrar é que sentir é um instinto natural e automático do ser humano, e celebrar é, conscientemente, escolher o que fazer com o que você está sentindo. Desse modo, a coisa mais inteligente a fazer é prestar muita atenção aos sentimentos que você está escolhendo celebrar. Você pode, sim, escolher cultivar e celebrar o sentimento de alegria. Alegria é amor e amor é a essência da existência. Resolva pontualmente os problemas da vida e celebre amplamente as alegrias da vida.

 

O Sol sempre volta a brilhar depois da tempestade, porque o movimento da natureza é assim. A chuva sempre volta a molhar a terra depois de um período de seca, porque o movimento da natureza é assim. A terra sempre volta a se acalmar depois de um terremoto, porque a natureza é assim que é. O corpo, a mente e a emoção sempre voltam ao eixo do bem-estar por que a natureza é assim. Quando o corpo, a mente e a emoção demoram pra voltar ao eixo do bem-estar é porque você está celebrando a tristeza e o mal-estar ao invés de celebrar a alegria.

 

O caminho para ser e viver com alegria no mundo atual é um caminho consciente. Escolha este caminho, pois a alegria é uma das maiores ferramentas que temos pra lidar com o momento atual da transição pessoal e planetária. Agora mergulhe profundamente na sua essência e embarque no seu caminho de autorrealização e bem-estar. Observe a sua vida como é neste momento presente e repita para você mesmo que "Tudo é o que é agora, e Eu sou o que sou!"

 

lembre-se de que o mundo não precisa da sua tristeza, mas sim, da sua alegria. Então, abra o coração, abra um sorriso, cure-se e cure o mundo todo com o amor e a luz da sua alegria!

 

Trecho do livro "Arte de Ser e Viver" de Rex Thomas

 

 

Please reload

Posts Recentes

08/29/2015

Please reload

Tags
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Classic
Conheça mais sobre o Livro Arte de Ser e Viver