A atitude de um guardião.

29/08/2017

Comece hoje a tratar tudo que você tem como presentes a serem agradecidos. Não se orgulhe dos seus bens materiais e posição social, porque eles na verdade não lhe pertencem. Veja, tudo que é físico é temporário, e tudo que é espiritual é permanente! Seu único pertence verdadeiro e permanente é a sua essência, para sempre sua. A sua existência neste plano é temporária e imensamente significativa, e uma das inúmeras maneiras para tornar a sua existência física mais feliz é se ver, não como um dono dos seus bens materiais, mas como um guardião!

 

 

 
A atitude de um guardião é de serviço, humildade, simplicidade e cuidado, já a atitude de um dono é de possessividade: MEDO e orgulho. O guardião está sempre pronto para desapegar-se dos pertences em amor e gratidão pela oportunidade de servir. Um dono se agarra aos seus pertences por orgulho e medo de perder, a ilusão de segurança. Todos nós viemos para este plano sem bens materiais, portanto, se desapegue dos valores antigos e crie espaço para o novo. 


Quando você começar a pensar e agir como um guardião, você começará a vivenciar e compartilhar compaixão, generosidade e um estado de liberdade física, espiritual e mental, necessário para focar na sua única, verdadeira e permanente posse: a sua essência, para sempre sua.

 

 
Então, lembre-se sempre de perguntar-se nos momentos de medo: “o que amor faria nesta situação?”. A partir daí, a sua resposta interna deverá ser sempre a sua ação externa! Muitos buscam paz na vida, e no caminho para a paz existe um desafio chamado medo, mas em nossos corações e também em nossa mão existe a maior ferramenta para transcender todos os medos: o amor, que é a verdadeira essência divina!"


Trecho do Livro "Arte de Ser e Viver" de Rex Thomas

 

Please reload

Posts Recentes

08/29/2015

Please reload

Tags
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Classic
Conheça mais sobre o Livro Arte de Ser e Viver