Amor e Ciúmes

29/08/2015

O ciúme já destruiu muitos relacionamentos e muitas vidas. O grau do ciúme que você tem de alguém amado é o grau do medo que você tem de perder esta pessoa. Ciúme é insegurança, insegurança é medo, e medo é o oposto do amor. Quando você está com ciúme, você está com medo e insegurança ao invés de amor, então quando você está com ciúme, você se distancia do amor.

 

Muitas pessoas reclamam que o problema do mundo é a falta de amor. O real problema é que muitas pessoas não sabem o que é o amor. Existem muitos conceitos errados sobre o amor. Já ouvi pessoas dizerem que estão procurando o amor da sua vida, ou seja, estão procurando alguém pra amar e serem amados. Eles projetam o conceito do amor numa pessoa, e quando encontram alguém, ao invés de aceitar, amar e celebrar a vida com esta pessoa, eles começam um movimento de querer mudar, moldar e controlar a pessoa para enquadrar na realidade do parceiro ou parceira que eles sempre idealizaram. O problema é que às vezes o parceiro ou parceira que eles idealizaram e buscam é baseado numa personagem de novela que eles gostaram. Isto não é amor. Amor é um conceito que defini tudo que um ser humano busca; o bem-estar, alegria, paz, aceitação, compreensão, paciência, companheirismo. O jeito mais fácil de entender o amor é: 1) Definir com adjetivos tudo que você acredita que deus é. 2)

 

Definir com adjetivos tudo que você busca na sua vida. Você vai descobrir que as duas coisas são exatamente a mesma. Isto é o amor, qualquer outro coisa, como ciúme, é medo.

A cultura atual de relacionamento no mundo hoje é assim: Você conhece alguém, começa a gostar da pessoa e pedir a pessoa em namoro e a partir do momento que a pessoa aceita a namora com você, é como se fosse que você adquiriu uma propriedade e você começa a ter ciúmes da pessoa como se fosse uma propriedade exclusivamente sua.

 

Tem pessoas que tem ciúme da sombra do parceiro, eles acham que a pessoa está passando mais tempo com a sua sombra do que com eles. Já ouvi muitas pessoas dizerem que tem ciúmes de alguém por que amam a pessoa. Isto não é amor, isto é medo. Medo de perder alguém amado.

Tem pessoas que tem ciúmes do próprio filho e às vezes do namorado, namorada, marido ou esposa, dos filhos, por que acham que os filhos também são propriedade deles.

 

É importante saber que é impossível perder aquilo que nunca lhe pertenceu. Seus filhos, marido, esposa, parentes, amigos não te pertencem. As pessoas que passam pela sua vida estão temporariamente compartilhando um breve trecho da jornada da vida com você. Então ao invés de sentir ciúmes e desperdiçar os momentos que te foram dados para conviver com estas pessoas, celebre com eles cada momento com muito amor, respeito, compreensão, tolerância e gratidão, sabendo que cada momento e cada pessoa em sua vida é sagrada e eterna.

 

Vamos parar um pouco para refletir sobre o relacionamento de você com você mesmo. “A pergunta é: Você tem ciúmes de você? Provavelmente não, pois você quer a liberdade de ser e viver a sua vida com leveza, alegria e amor, sem peso, chatice, cobranças, insegurança e ciúmes. Então por que você quer infernizar a vida dos outros com chatice, cobranças, insegurança e ciúmes? Se você tem ciúmes de alguém por conta da sua insegurança, lembre-se que a pessoa não tem nada a ver com seus medos e inseguranças.

 

A chave para o bem-estar em relacionamento com tudo na vida está no relacionamento com você mesmo. Percebo que na maioria das vezes o que você cobra dos outros no relacionamento é o que você não dá pra você mesmo. Sentindo a falta de seja lá do que for, você cobra isso dos outros. Muitas pessoas cobram atenção, carinho, amor e companhia, se esquecendo de dar o mesmo, e quando não recebem o que eles cobram dos outros ficam tristes e começam a ter ciúmes da pessoa amada.

 

Não importa quem você é, pode ser um rei, uma rainha, presidente, executivo, mendigo, não importa. Se você faz parte da raça humana você busca sempre a mesma coisa: amor. Todos os seres humanos querem amar e serem amados. Queremos compartilhar nossas alegrias, tristezas, medos e dúvidas.

 

Queremos ouvir e sermos ouvidos. Queremos ter alguém para testemunhar a nossa existência no dia-a-dia e quando você encontrar a pessoa, sendo da família, amigo, parceiro etc. celebre a vida e os momentos com eles, expresse o amor e aceitação ao invés da insegurança e ciúme. O ciúme destrói vidas e relacionamentos, e o amor constrói.

 

E saiba que se o medo e a insegurança geram ciúme, o caminho pra lidar com ele é amar você mesmo. Lembre-se de que você é quem passa a maior parte do tempo da sua vida com você mesmo. Então, ao invés de alimentar ciúmes dos outros, declare aceitação e amor por você mesmo, respeite a si mesmo, leve a vida mais leve e mais solta ao invés de sentir e cultivar ciúmes, e rapidamente os outros irão perceber que você está de bem consigo e com a vida. Então todos irão começar a disputar a sua companhia e atenção. O amor, carinho e atenção que você oferece a você mesmo é justamente o que atrai a atenção e amor dos outros em sua vida. O ciúme faz exatamente o oposto, o ciúme repugna e o amor atrai.

 

Please reload

Posts Recentes

08/29/2015

Please reload

Tags
Please reload

Siga-nos
  • Facebook Classic
Conheça mais sobre o Livro Arte de Ser e Viver